quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Olvidei

Ontem, quando me deitei, escrevi um post fantástico mentalmente e pensei "chiça, devia escrever agora que me vou esquecer" mas não levantei, não escrevi e hoje....não me lembro nem do título quanto mais do texto...

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Calma e tranquilidade

Quando estás 3 horas a arranjar as unhas, quando deveria durar apenas 1 hora porque a miúda fez a base de uma marca e a cor de outra e a coisa não correu bem e as unhas ficavam manchadas, rugosas e afins.
Quando além da coisa não estar a correr bem, chega a chefe dela e se senta ao nosso lado a observar tudo. A miúda que estava a ficar nervosa porque estava a ver que algo estava mal, ainda ficou pior.
Quando a miúda tem um ar de pânico mas tu, instintivamente, confias nela e achas que está ter um azar....

relaxas, respiras fundo, dizes que não tens pressa, que não há problema, que está tudo bem, que as coisas acontecem e que bom que assim para a próxima ela já não faz o mesmo...

A miúda ficou agradecia; a chefe em vez de a despedir no fim deu-lhe um abraço e disse "Agora respira, já passou e a cliente não ficou zangada"; dizia-me a dona repetidas vezes "a senhora está a ser muito paciente...se fosse eu já tinha ido embora". 

Eu não fui embora, não demonstrei irritação, pelo contrário. A miúda refez tudo (se bem que com o estado nervoso com que estava dificilmente faria alguma coisa acertada a partir dali)e eu fui embora com umas unhas péssimas.

No dia a seguir liguei de manhã, tive a sorte de ser ela que estava ao serviço, perguntei quando me podia atender que as unhas não estavam muito bem, ela disse que me ia ligar em 5 minutos porque nem dormiu a pensar em mim e queria compor o mau trabalho.

Fui.
Em 1h ela arranjou-me as unhas de novo, não me cobrou nada e ficaram MARAVILHOSAS.

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Ca noja

Estou a visitar uma feira, contrariada que detesto perder tempo em trabalhos que não vão dar frutos, mas as coisas que observo são dignas de registo e memória:
- hospedeiras a passear, a comer em frente a todos nos stands ou quase a dormir;
- responsáveis de stands com pc à frente a ver o facebook;
- pessoas que deviam estar fechadas nos escritórios e não nos stands porque as trombas nos afastam de as visitar;
- pessoas a passear nitidamente a fazer tempo

E...

Last but not least...

Ouvem-se tambores a rufar...trrrrtrrrtrrrtrrrrr

- uma senhora que aproveitou um stand cheio de luzes, de vários tipos, muuuuuito luminoso, muito muito mesmo para....

TIRAR PONTOS NEGROS AO MARIDO, iuhuuuuuuuu

(espero que seja o marido...e não o patrão...ou o colega de office...blerggggg)

Adenda:
- um homem de meia idade vestido assim

quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Quintas com sabor a segunda!

Hoje estou com uma confusão mental tremenda, ora boa, ora má.

Se acordei e pensei "baaaaaaahhhhh é segunda-feira...alguém me salvaaaa...." no instante seguinte pensei "Wowwwww, afinal já é quinta"!

E é tudo tão mais promissor no quase ser Sexta-feira!!!

Estou ausente

Por falta de inspiração, energia, disposição.

O Parolo esteve uns dias em Valência, a Delicinha teve um desarranjo digestivo.

Graças pelo feriado que tão bem soube!! 


quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Sou só eu?

Serei só eu que perante esta tragédia sinto que enviar donativos para as áreas afetadas é um desperdício??

Sinto-me tão mal por pertencer à mesma espécie de pessoas que desviam fundos para ajudar pessoas que perderam tudo para fins pouco claros... De pessoas que não assumem responsabilidades...que solicitam serviços de Comissões e Comités e o raio que os parta para arranjarem outros culpados que não os óbvios...

A culpa é do Estado, o Estado devia limpar matas, o Estado devia promover a prevenção, o Estado devia tomar conta dos seus cidadãos que tantos sacrifícios fazem.

Que vergonha...que vergonha... 

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Que tragédia...a falta de civismo

A falta de civismo neste país é gritante. As queimadas já são permitidas nesta altura, mas se está um calor do inferno (que em Julho e Agosto não tivemos dias assim) o vento está descontrolado, já não chove há tempos e está tudo seco, se calhar seria inteligente não se fazerem, apesar de serem já autorizadas.

Claro que nem todos os incêndios tiveram este início, alguns tiveram mãos criminosas que deveriam ser punidas exemplarmente. Aos meios de comunicação social interessam fazer parangonas que um bebé de um mês sucumbiu por causa dos incêndios...Não, senhores jornalistas, não foi só um bebé e, sendo essa informação trágica, triste, horrível, foram várias pessoas que perderam a vida. Porque raio usam algo tão sofredor para evidenciar uma realidade já tão miserável??

O que importa é se a ministra se demite ou não...não haverá outras coisas mais importantes agora?? 
Pousem as câmaras de filmar e ajudem a senhora septuagenária a esbaldear as chamas, vocês querem fazer chegar a notícia, mas no meu ponto de vista a ajuda é que é necessária no momento.

O meu coração hoje não está tranquilo, a minha mente agitada...passei um fim de semana calmo, tranquilo, divertido...enquanto isso pessoas travavam lutas inglórias com um devorador do inferno; pessoas perdiam a luta; gente que não descansava, bombeiros a lutar contra gigantes de labaredas....um terror....