segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Ontem já foi Natal!

Este ano o Natal é passado com as sogras. A minha mãe vai à sogra, a minha irmã vai à sogra e eu vou à sogra e, como tal, ontem festejamos o Natal TOOOODOS juntos e com a mãe da minha mãe.

Foi muito bom! Não sei como, mas em toda a nossa chalupice, somos super unidos, amigos e companheiros. 
Lá em casa NUNCA há silêncio, raras são as vezes em que uma conversa não se transforma num campo de batalha.
Todos os pontos de vistas são defendidos acerrimamente e, em 5 minutos, a vários decibéis acima do normal; todas as notícias são comentadas...mas nem sempre completamente escutadas até ao fim.
Há o jogo do empurra das tarefas, acabado estas por ser feitas sempre pelos mesmos.

Mas tudo é delicioso, tudo é normal. 
Quando o Parolo, filho único e de família pequena, foi lá a casa pela primeira vez, foi como se visse um espectáculo de horrores. Ele não abria a boca, olhava para um lado...depois para outro...estava a observar, a absorver tudo. Na vez seguinte, era como se fosse um peixe dentro daquele aquário de peixes doidos. Integrou-se perfeitamente e revelou a sua faceta mais chalupinha :)

Ontem não foi diferente, as festividades tiveram início às 11h da manhã e terminaram às 23h porque hoje era dia de trabalho.

Comeu-se bem, riu-se, fofocou-se, abriram-se presentes, visitou-se a minha casa nova (sim, lá fomos todos em caravana até ao fim do mundo para todos ficarem a conhecer o novo palácio), bebeu-se chá quente (que quando chegámos estávamos geladiiiinhos), jantou-se e confraternizou-se.

Faltava lá alguém...e como se sentia a falta. Ninguém falou, mas toda a gente sentiu...e que saudades....

sábado, 20 de dezembro de 2014

É hoje!

Não é hoje, é agora! Estou à porta da minha casa nova para me entregarem as chaves 😄
É o início de uma nova fase que, esperamos nós, seja de felicidade e plena de alegrias!

Tendo já quase tudo encaixotado, no próximo fim-de-semana fazemos a mudança!!!
Desejem-me sorte!!!🍀🍀🍀🍀

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Ninguém merece...

É praticamente de madrugada, está um frio do caneco e já estou no escritório (que por acaso até parece as Bahamas)... Tenho sono, tenho frio e...tenho que trabalhar....buaaaa a minha cama estava tãaaaooo quentinha...

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

E a 15 dias do Natal...

...tenho decorado a casa....de caixas;
...tenho embrulhado....as louças, os quadros, os petricalhos, os passepatouts, as velas, os talheres...

A boa notícia é que o contrato de Arrendamento está assinado e a chave vai-nos ser entregue dentro de alguns dias.
Para já é chegar a casa e empacotar, empacotar, empacotar.

Wish me luck :)

sábado, 13 de dezembro de 2014

Dia de Santa Luzia!

Ensinou-me a minha Mila:

"Até ao dia de Santa Luzia, Cresce a Noite, Minga o Dia"

Hoje é dia de Santa Luzia, por isso, apartir de hoje os dias começam a crescer e...

"Até ao Natal, saltinhos de Pardal"!!

A minha Mila é um espetáculo!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

É castanho

Conversa entre títi adorada e sobrinha idolatrada:

C - "Títi já viste o meu desenho no balhão?"
EU - "Não, ainda não me mostraste..."

...vai buscar o balão...

C - "Vês títi é a mãe do Diogo."
Eu - "Que gira, está muito bem desenhada"
C - "A mãe do Diogo é castanha...igualzinha ao Diogo."
Eu - "Ai é? e tu gostas do Diogo?"
C - "Sim, eu gosto dele, ele é meu amigo!"


Et voilá....era isto ;)

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Le fin de semaine

Se pensaram que morri, não morri...mas quase...

O fim de semana começou na glamorosa Tasca do Guedes! É um tascoso minúsculo mas que tem as melhores sandes de pernil com queijo branco de todo o mundo e arredores, mas que faz um mal intergaláctico:



No Sábado, passarinhei e comecei a embalar a minha casa preparando para a grande mudança do final do ano (devemos começar a fazer a mudança na última semana de Dezembro). 
Confesso que me perguntei 5300 vezes "mas como raio se acumula tanta coisa???" 
Lá estávamos nós, embrulha daqui, protege dali...caixas, caixinhas e caixotes...olhávamos em volta e ... "Fónix pá, ainda não acabou????" Parece que as coisas nascem nos interstícios das paredes,como dizia o bombeiro.
Já demos um grande adianto, é um facto, mas ainda há um looongo caminho a percorrer.

O Domingo ia ser tranquilo, pensávamos nós, nada disso. Tínhamos acabado de almoçar e ligou a minha sogra a dizer que tinha tido um acidente.
Nada de grave, bateram-lhe por trás num acidente estúpido causado por chico-espertos que tentam comer os outros por lorpas, não respeitando filas.
Do mal o menos, foi só chapa (se bem que o carro da minha sogra só saiu dali à boleia do reboque)

Na segunda-feira a agenda estava reservada para almoçar na Mummy e enfeitar o Pinheiro de Natal.
Estávamos lá todos, foi festa rija e a casa lá ficou enfeitada.
Este ano não enfeito o Pinheiro em minha casa, é que o bicho é gigantesco, vai até ao tecto, tem 7000 milhões de enfeites e não faz sentido estar a armar estenderete, quando preciso é de encaixotar tudo.


Isto tudo acompanhado por uma banda sonora tússica do mais sonoro, afinado e cadenciado que há :(
Estou ansiosa por me livrar desta tosse, se bem que os abdominais estão a ficar definidíssimos ;)



sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

O dia está lindo!!

Que dia lindo hoje...gelado..mas lindão! Estavam 2º quando me levantei...

Este sol a brilhar, os passarinhos a cantar, os pombinhos a arrulhar e eu a sonhar...

Com que sonhas parola?? Com o fim de semana XL, Hell yeah!!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Palmier... Eu pombarei, tu pombarás



Et voilá ma Capeline!!!!!





PPC

Ouvido de passagem

Há coisas que me tiram do sério... a preguiça é uma delas, o viver à custa dos outros é outra, o viver à custa de nós todos...nem se fala.

Ontem de manhã recolhi às boxes, estava a sentir-me super mal, não tinha dormido de noite e ir para o escritório era uma irresponsabilidade tanto para mim, como para todos. 
Mas sou profissional, e tomei as devidas precauções, tomei medicamentos e de tarde fui trabalhar, porque há coisas que não podem ficar em suspenso à espera que a gripe passe. Eu não sou insubstituível, é certo, mas porque iria estar a sobrecarregar um colega com os meus assuntos, quando não estão familiarizados com os temas? Para gerar mais confusão?

Fui almoçar à minha mãe que me pediu para ir comprar pão porque estava atrapalhada a dar o almoço ao meu sobrinho. Eu, fazendo sacrifício mas jamais negando qualquer pedido da minha mãe, lá fui.
Estava eu a aguardar a minha vez e ouço o seguinte:

Cenário - Mesa de café/padaria, 3 mulheres, número de dentes no total...3, 12:30, possível Brunch, roupa de lycra e chinelo de quarto
...
A - "Mas tu vais comprar qual?"
B - "O S4"
C - "Mas olha que há outros S's"
A - "Sim, eu sei. Mas é esse ou o 5"
B - "Acho que fazes bem"

...

"Está aqui o seu pão menina"
"Hã...ah...ok...obrigada, até amanhã"

Se toda a gente tem direito a coisas boas, bonitas e práticas, tem.
Mas não é com o dinheiro dos outros. 
Estou a falar de pessoas que claramente têm como profissão Desempregado, usurpador de Rendimento Mínimo. Há pessoas a passar verdadeiras dificuldades, que lutam pela subsistência e que procuram trabalho incansavelmente, mas ele não aparece. Pessoas que têm vergonha de pertencer às estatísticas, pessoas que estão a atravessar o inferno. E que depois são olhadas de revés, porque se mete toda a gente no mesmo saco, o saco dos inúteis, que se levantam às quinhentas, que vão tomar pequeno-almoço ao café, e comem croissants e almoçam francesinhas, porque já que estão ali, aproveitam e almoçam.
De tarde juntam-se noutro café para falar da vida alheia e criticam o governo que os sustenta e comentam a atualidade "E o Sócrates...esse é que a soube fazer bem, a roubar é aos milhões,...", e atrapalham o burros que andam feitos doidos a trabalhar.

Há uns que sofrem, que se escondem, que procuram, outros que vão trabalhar doentes, que não tem horas, que estão sempre a postos (noite e dia, feriados e dias santos)e há outros que fazem lista de Pai Natal à grande e à francesa....


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Jolly Jumper está no médico

Para compensar a ausência de enfeites natalícios em minha casa (vou mudar de casa no fim do mês e tenho é que embalar e não desembalar) tenho o tablier do meu carro todo iluminado.

Ora primeiro, era falta de água no radiador, agora é um símbolo lindão ((!)) que se traduz em TRAVÕES, ou melhor, falta deles.
Neste momento o Jolly está no médico à espera de diagnóstico ... espero que seja uma constipação e nada de muito caro, ups...grave, grave ;)

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Lisboa



Pois que o fim-de-semana foi fabuloso.

Tirando a má disposição de sexta à noite, o chá milagroso da sogra foi providencial.
Passeamos imenso!
Comemos imenso! (para a linha 3 pasteis de Belém mais uma hamburger é igual a desastre).
Rimos Imenso!
Convivemos Imenso!

Ora já vos tinha falado que almocei no Honorato, no Sábado, certo? O que não vos tinha dito é que almocei na esplanada e tinha ratos com asas a mirar o meu prato com o rabinho. E quem me avisa isto? O Parolinho (que eu estava numa alegre inocência) E eles cagam em cima de quem? Da Parolinha, claro.
A sorte dos bichos é que me acertaram na manga da camisola porque, meu senhores, se me acertavam na comida que tão bem me estava a saber...ui...os Jerónimos até explodiam, Belém nunca mais seria a mesma, até os Cavacos, caso lá estivessem, morreriam do coração. Era o que faltava...

Depois passeamos por Lisboa e fizemos os preparativos finais para recebermos um casal amigo para jantar. 
Depois do belo Pargo no forno, fomos beber um copo ao Pavilhão Chinês e ADORÁMOS. É um espaço super diferente, simpático, divertido e muito sui generis :)

No Domingo, arrumámos as coisas e fomos relaxar às Docas, almoçar no Mercado da Ribeira (Cais do Sodré) com um casal de amigos moçambicanos que estão agora a viver e estudar em Lisboa. E por causa deles(sim por causa deles que eu não voltaria lá se não fosse um motivo de força maior ;)) voltamos aos Pastéis de Belém, que era novidade já que nunca tinha provado e tinha muita vontade de lá ir.

Regressámos a meio da tarde ao Porto e fomos diretos a casa da minha avó. Foi lá o local escolhido para a festa de 25 anos do meu irmão!
E lá comemos um Polvo à Lagareiro que estava uma delícia, feito pela minha mummy, e um Bolo que não estava só bom estava giríiiiiissimoooo.





Ideias precisam-se...

Pleaaseeeeeee...heeeellpp....

Preciso de ideias para um programa light economicamente, super divertido e bombástico para fim de tarde + jantar de Natal da empresa....hum...hoje já não consigo fazer mais nada senão arquitetar este plano magistral...

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Morta....

Estou tão cansada, com os olhos fechados a pesar e, como tal, totalmente desinspirada para grandes textos...mão não desespereis parolinhos, que logo, depois de chegar a casa, depois de um banho recuperador contarei tudo sobre a minha estada em Lisboa e a fabulosa festa de aniversário do meu irmão fabulooooooooosooooo que ontem fez 25 anos...tá um homem....snif snif...