sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Mudança

Bem...parece que vou ter que mudar de casa.

Ontem falhou a luz. Um equinócio qualquer com o disjuntor das tomadas que fez com que a luz desse lugar à escuridão.
A Delicinha estava no quarto e assustou-se porque ficou, de repente, sem a luz de presença.

Quando tudo estava restabelecido, vem ter comigo e diz-me:


"Mamã, já não quero mais morar aqui nesta casa. Vamos ter que comprar outra. Esta avariou. Para onde vamos a seguir?"

Fartei-me de rir pelo raciocínio tão parecido com o paizinho. Se uma coisa avaria, não se arranja. A solução é logo mudar, comprar outra coisa nova.

Depois da sua dissertação só lhe disse:

"Onde vamos a seguir??? Tu, a seguir, vais é para a cama, e rapidinho que já é tardíssimo"

E pronto, assim se fez um diálogo deveras interessantes.

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Arte

Chegar à mesa um Bife Wellington com esta apresentação é logo meio caminho andado para a refeição ser uma delícia mesmo antes de ser degustada.


Este foi o pedido do Parolo. 

Eu deliciei-me com um Sushi fantástico e fresco, mas não tirei fotografia.

Trata-se de um dos meus restaurante favoritos. Tanto pela decoração, como pela simpatia e profissionalismo dos funcionários, pela atenção e cuidado com que nos tratam. 

A qualidade da comida??? Ui..é de não deixar nada a desejar.
O Beef Wellington, o Sushi, o simples Paté de Azeitona de entrada, as sobremesas...ai que ainda agora almocei e já me estou a babar...

Experimentem o Garfo Torto em Vila do Conde, vão gostar!! (e não, não ganho nada com isto nem eles sabem que vou escrever tal post)

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Boxe

Ora pois que fui ao primeiro treino de Cross Punch com o meu irmão que tecia os maiores elogios a este tipo de desporto.
Fui contrariada mas iludida com a promessa que a coisa ia ser fantástico e que o corpo não tinha outra hipótese senão renunciar à gordura e transformar-me numa criatura fit.

Nos primeiros treinos achei que não ia aguenta, que ia falecer durante um treino, mas nada disso, saio de lá morta de cansada mas feliz.

O horário do Cross Punch deu lugar ao Boxe. Paniquei. Achei que jamais, em tempo algum, iria fazer Boxe já que é um desporto que não me faz sentido nenhum, que acho bruto, primário, ignorante, suado, blerg...mas eis que lhe acho graça, principalmente ao facto de sair do treino mais suada que nunca (se bem que continua a meter-me rios de nojo quando alguém me toca todo suado...ou com as luvas molhadas...)

A verdade é que o peso continua igual, mas já baixei 2 números às calças. Sinto a barriga a ficar em forma e as banhas a dizer bye bye.
Sempre usei bikini, mas desde o nascimento da Delicinha (3 anos e meio) nunca mais me atrevi a vestir um...até este Verão (ainda não está no ponto, mas já não envergonha ninguém.
Sinto-me saudável e com o sangue a correr livre nas veias.

Ontem regressei ao treino após as férias, foi quase 1 mês fora (entre férias, pé lesionado, afazeres diversos)e foi horrível, parecia que tinha esquecido tudo, tudo me doía, enfim, uma tragédia.

Achei que não ia aguentar 2 aulas, mas afinal, já lá vão 30 and counting...


(sim, tenho que carregar mais aulas)


quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Lendo por aí e achando graça #2


= Ironias da Vida = 


1 - O Advogado espera que tenhas problemas com a Lei.

2 - O Médico espera que fiques doente.

3 - O Polícia espera que te tornes criminoso.

4 - O Professor espera que não saibas nada.

5 - A Prostituta espera que tenhas sempre problemas no LAR.

6 - O Dentista espera que tenhas dentes podres.

7 - O Mecânico espera que o teu carro estrague.

8 - O Coveiro espera que tu morras.

9 - Apenas o gatuno espera que tenhas prosperidade e riquezas na vida.

Abrace o gatuno, pois este é o único que quer o teu bem.
Gatuno é família

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Sobre "La Casa de Papel"

** ALERTA SPOILERS **


Não foi fácil para mim ver a Casa de Papel. Toda a gente dizia que era espectacular mas, para mim, não me enchia as medidas e, das 2 vezes que tentei começara a ver a série, desisti logo ao primeiro ou segundo episódio.
Achava chato, sem sentido, aborrecido...enfim, não me agradava nem tão pouco prendia.

Nas férias o Parolo decidiu que ia ser a nossa série de Verão, que não era normal estarmos em sentido contrário à opinião de tanta gente e que tínhamos que preservar e, quais mártires, engolir a série.
Foi duro...andamos ali a mastigar...tínhamos acabado de ver o Stranger Things e tínhamos gostado tanto...MAS..DE REPENTE, eis que começo a gostar e a ver a coisa com outros olhos.
O Parolo capitulou, sem mortos vivos, aliens ou outras criaturas a coisa perde o brilho para ele, mas eu não e só descansei quando, ontem, vi o último episódio da terceira season.

Gosto.

Gosto da calma do Professor e da forma como se  desconstrói controladamente quando há um revés.

Gosto da doçura firme e dura da Nairobi.
Gosto do sorriso infantil do Denver.
Gosto da meninice e fofice do Rio (coitadinho que tanto sofreu :()
Gosto da brutalidade gentil do Helsinki
Gosto da ironia do Berlim
Gosto que o Berlim e o Professor sejam hermanos
Gosto da paternidade do Moscow pelo grupo

Não gosto da impetuosidade da Tokio (raios a partam se não estava tão bem na ilha paradisíaca com o Rio)
Não gosto da inspectora Murillo. Como negociadora a criatura deve ser um zero, falhou na negociação do atraco a La Casa de Moneda e Timbre e ainda se apaixona pelo Professor e a negociar com o velhos agricultores também não foi lá das canetas. Adianta-lhe um grosso por o lápis no cabelo....nunca consegue nada, nadinha.

Agora aguardo o início da 4 season que, pelo que sei, ainda não tem data de estreia :(





Lendo por aí e refletindo

Tenho tanta vergonha de fazer parte deste mundo onde o dinheiro e os lobbies do poder têm tanta força....






segunda-feira, 5 de agosto de 2019

Vacay Fun

O que andei a fazer nas férias?

A divertir-me horrores com a família!

A dormir a sesta!

A banhos a sul (uns dias numa água gélida de doer os ossos, outros de molho numa água fantástica e tudo no mesmo sítio)!

Comecei as férias empenada das costas, acabei empenada num pé (com uma bolha gigaaaante que antes que conseguisse tirar os sapatos já a bolha tinha formado, enchido, esvaziado, saído a pele e ficou em carne viva)!

A dormir num colchão insuflável que, uns dias colaborava e não esvaziava e outros dias colaborava também e ao esvaziar fazia com que eu e o Parolo resvalássemos para o meio da cama e dormíssemos mais que juntinhos...em cima um do outro, praticamente!

A ver os peixes em Santa Eulália!A ver os peixes no Oceanário!

A fazer figuras com uma boneca em todo o lado e foi tão divertido!

Saldo das férias? Soube a pouco mas foram mais de 100% fantásticas!!








sábado, 3 de agosto de 2019

sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Anfibios!

Há lá coisa melhor que ouvir o coaxar dos sapos e da rãs nas noites quentes no meio do nada???

Até pode haver, mas adoro ouvi-los na azáfama das suas comunicações, aos quais se juntam as relas e, ocasionalmente, também o Mocho nos diz boa-noite.
Para mim são sons reparadores que me enchem a alma.

Construímos um pequeno lago à beira da casa mas achávamos que com a proximidade aos humanos os animais iam preferir o tanque cheio de vegetação mais lá para baixo, mas a verdade é que este oferece tratamento SPA e como tal, os batráquios vieram para a nossa beira e ainda posam para as fotos.













quinta-feira, 1 de agosto de 2019

Haja Cojones!!

A A28 está a ser intervencionada.
No outro dia, ao passar lá, vi os funcionários no separador central a colocar uma placa de aviso de corte de faixa e obras e não sei o que mais e pensei "Como é que estas criaturas vão sair dali?"

Não, não é através de um corte de trânsito em que uma carrinha, que os protegeria, se punha à frente dos trânsito; não é com o auxílio da polícia; não é por via aérea ou tele-transporte. 

Os senhores funcionários, vestidos de cor-de-laranja florescente, benzem-se, contam os carros, agarram os tomates e pernas para que te querooooo.

É verdade, com o trânsito brutal da A28 (que nesta zona não está parado, pelo contrário) aquelas criaturas atravessam a rua a correr arriscando a vida. Podem tropeçar, falhar um pé, falhar um automobilista mais apressado.
Não me quis acreditar quando vi, até me arrepiei.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Festival do Panda

Pois que comprei um bilhete familiar para ir ao festival do Panda, pois que contei os dias até chegar a data, pois que aprendi todas as músicas que passam por la, de todos os desenhos animado e para quê???

Para ela detestar tudo e só gostar da Tenda do Riscas, o DJ da Festa (a verdade é quer a minha amiga comentava comigo "elas estão a gostar tanto que se servissem aqui uns Gins aos pais, ficávamos aqui a tarde toda!")

Após montes de tempo na fila para ver a Masha e o Urso, passado um bocado fomos avisados que dificilmente conseguiríamos tirar foto com os bonecos porque eles iam abandonar para se juntarem ao show. Ora não achei grande graça e ainda reclamei que deveriam se organizar de outra forma, para mim era-me igual tirar foto com as criaturas, já para as miúdas....também, já que quando apareceu a Heidi a Delicinha chorou baba e ranho e não quis tirar foto :s

Fomos para a sombra das bancadas ver o espectáculo. Estiveram muito atentas nas primeiras duas músicas e passado uns minutos estavam assim:

Depois também não achou graça nenhuma aos insufláveis até porque um estúpido de um monitor, que eu achava que estava lá para orientar a malta e ajudar, afinal não, estava só para ganhar uns trocos sem se chatear muito, passou muito perto dela, que já não estava muito confiante sem ter os pés firmes, e a fez ceder no insuflável. Não quis andar mais. Ainda tentou ganhar coragem e avançar, mas cedeu após os primeiros passos. Mais uma vez tive que dar dois berros o monitor que nem se apercebeu que estava uma criança parada no meio do caminho a chorar de medo.
Eu sei que eles tem montes de crianças e não podem estar a prestar atenção individual, mas eles estão lá para manter a segurança de todos e não ver uma criança a chorar...por favor.
Chamei-o:
- "Não se importa de ir buscar aquela criança, por favor" (ler com ar bem enfurecido)
Monitor Relapso - "Não se preocupe, ela não se vai magoar"
EU - (tom ainda mais furioso) -"Ela está a chorar, vai buscá-la ou vou eu?"
Ele olhou finalmente e foi buscar a Delicinha. Quando ma passou para os braços eu virei costas com a Delicinha ao colo e o homem a reboque que nem conseguia tirar o braço.

O que ela mais gostou no Festival?
Foi do Parque Infantil que estava antes do Estádio. 
Um Parque infantil normal, com um escorregão e baloiços, GRATUITO. Fartaram-se de correr para trás e para a frente, riam como maluquinhas e estavam relaxadas e muito felizes.

Em suma: 

  • Para o ano não vou ao Festival do Panda



quarta-feira, 10 de julho de 2019

Empenei

Além de uma falta de inspiração para temas absolutamente incríveis para partilhar aqui, tenho andado cansada e deveras ocupada. 
Até estive 2 semanas sem ir ao Boxe o que, pelo aproximar das férias e a gordura a não colaborar, não é boa ideia pausar o ataque.
Ontem lá voltei ao treino ao fim de 2 semanas de ausência e foi tão mas tão maravilhoso quanto me lembrava...lembrava era pouco que parecia que estava burra e que tinha desaprendido tudo.

E quando empenaste Parola?Levaste um cross bem metido? Levei muitos, mas não empenei aí...
Nos mil abdominais que fizeste? Nops,também não foi aí...
Nas sequências demoníacas que te fizeram suar as estopinhas, na na na...não foi aí,

Foi nos míseros 900m que fui correr que, não achando que o ar me estava a chegar à parte de baixo dos pulmões, não sei o que fiz, inspirei mais do que devia ou fiz qualquer movimento na inspiração que ouvi um track...e pronto, empenei. Neste momento não consigo chegar com o queixo ao peito e há movimentos que faço que me prendem a musculatura toda que até deixo de respirar...enfim, ossos de ofício. 

terça-feira, 11 de junho de 2019

Que rica surpresa

Hoje a Delicinha ficou em casa com o Pai que está de descanso a gozar o feriado do Sr. de Matosinhos. 
Ela e a cama não são melhores amigas e, como tal, eram 7,45 e já andava a pé. Enquanto eu me arranjava ela andava atrás de mim, na conversa. De repente pergunta-me:

Delicinha - "Mamã, onde está a tua carteira do coração?"
Eu disse onde estava e, passado um bocado, ela veio ter comigo à cozinha e disse:
Delicinha - "Mamã, não te esqueças da carteira e do Pequeno-almoço"
Eu - "Obrigada!!Não vou esquecer. Já está aqui à beira da porta para quando sair."

Entretanto vou maquilhar-me e lá vem ela atrás de mim porque também é muito dada às pinturas faciais. Depois de dourada da ponta do pés à ponta dos cabelos, ela estava pronta.

Acompanha-me à porta e eu vou trabalhar.

Chego ao office, abro a carteira para tirar o telemóvel e deparo-me com isto:


E ri-me, ri-me muito porque ela me tinha preparado o pequeno-almoço e mo tinha posto na carteira que tão diligentemente me alertou para não me esquecer.

sábado, 8 de junho de 2019

Queimar a Pança

No Boxe temos terminado o treino com uns exercícios fantásticos, porém contudo, bons para derreter mas dolorosos a fazer.

A pança tem sido o alvo e durante 4 minutos estamos a queimar como se não houvesse amanhã.
A tabata consiste em - 4 minutos que se dividem entre o exercício e o descanso, que nunca é descanso é sempre mais exercício, sempre ao som de uma música que nos vai guiando.

Ora tendo eu um louco como coach, a coisa tem sido um sofrimento, mas no fim olho para a barriga e penso "Ei lá que daqui a uns anos ela vai estar quase banha free!!!!"

Ontem estávamos deitados no chão e tínhamos que imaginar que estávamos a subir uma escada com os braços, levantando a omoplata do chão e, no descanso, com os joelhos dobrado tínhamos que tocar com os pés no chão e voltar a levantar.
Na terça-feira, deitados de barriga para cima, íamos alternando com as pernas entre os 90º (pernas esticadas para cima), com 45º, com um palmo do chão, consoante as instruções do coach por 2 minutos....repetimos 3 vezes os exercícios e no fim eu já nem respirar conseguia, quanto mais levantar as pernas.

E as combinações de tortura são inúmeras e já estou em depressão de pensar nas que já fiz e nas que me esperam nas aulas futuras. 

Mas vale a pena, vale tanto a pena!


sexta-feira, 7 de junho de 2019

A dois

Ontem o Parolo passou o dia em Lisboa.
Quando regressava, no comboio das 19h que chegaria a Campanhã às 22h, enviou-me mensagem a perguntar "Francesinha?"

Ora eu só vi a mensagem quando terminei o meu treino de Boxe e se pensei "Fónix...estive uma hora e meia a queimar para agora comer uma Francesinha", mas logo a seguir passou-me pela cabeça "pior era se não tivesse treinado".



Visto que a Delicinha tinha ficado a dormir na minha Mãe, íamos jantar a dois...sem "Quero ver Panda", "Não quero comer", "papá, papá, papá, mamã, mamã, mamã"

A hora dele chegar ia coincidir com a hora que eu terminaria de tomar o meu belo banho e de me arranjar. 
Soube-me pela vida o banho, o besuntar-me de creme, vestir e sair para jantar (sem sopas e xixis e casacos e brinquedos e livros e ...)

Eram 23.00 estávamos no Majara comer uma Francesinha!

Que delícia!!!

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Ornatos

Deu agora mesmo uma música que gosto tanto...não me leva a nenhum acontecimento em particular, mas gosto da música e já tinha saudades de a ouvir.


quinta-feira, 16 de maio de 2019

Bob, o Construtor

Eu não digo que a miúda é eléctrica???

- "Mamãaaaa, aceleraaaa, não pareeeesss"
- "És doida? Não posso, senão bato nos outros carros"
- "Não faz mal! A Delicinha chama o Bob o construtor e ele arranja. a Vovó ensinou".....

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Boxe na Praia

Saio do escritório e vou buscar a Delicinha.

Vou para casa e trato da logística do lar sempre atenta ao relógio porque não tarda tenho que sair de casa para o Boxe.

Porquêeeeeeee??? Não me apetece...dói-me a cabeça...dói-me a alma...está calor....estou com o Parolo e a Delicinha em casa e não há melhor que isso.... Mas sou perseverante, visto-me, não posso abrir precedentes, tenho que ir.

Preparo o meu leite achocolatado, a minha água, o saco está pronto. Vou.

Arranjar lugar para estacionar é mais duro que o treino, mas eu não desisto, ando para trás e para a frente e eis que alguém me dá o seu espacinho.

Entro na Box, fazemos o aquecimento e eis que diz o treinador "Pessoal, pegar nas ligas e nas luvas e vamos para a praia!"

E que maravilha que foi o treino de ontem. Foi duro, que a areia não tem misericórdia de nós e prende-nos ao chão quando queremos fugir, os meus músculos estavam onfire (não necessáriamente por estarem super activos, era onfire mesmo porque me ardiam de caneco).

O sol estava maravilhoso e a despedir-se, não corria vento, a praia estava a ficar vazia. Jogamos futebol sem bola para aquecer e treinamos muuuito. O suor escorria por mim abaixo como nunca tinha sentido antes de praticar este desporto.

Quando acabou o treino estava tão, mas tão satisfeita. Tão feliz por não ter cedido à inércia e ter ficado em casa.

Que maravilha, sou feliz no Boxe!!

Pela fresca

Se há dias em que ela acorda com um feitio de cão, hoje não foi o caso. Acordou mimalha e muito preguiçosa. As primeiras palavras proferidas por Delicinha foram:

- "Mamãaa"
- "Sim, Bom dia Delicinha"
- "Mamã, vamos ficar aqui para sempreeeeeee" e enquanto dizia isto virava-se na cama e arranjava uma posição ainda mais confortável!!

E não era tão bom termos ficado naquela ronha o dia todo???? Era maravilhoso, mas a probabilidade que em 5 minutos ela incorporasse o Speedy Gonzalez era imensa.

segunda-feira, 13 de maio de 2019

Às 4 da madrugada...

o passarinho não cantou, mas a Delicinha falou e disse:

- "Mamãa..."
- "Sim..."
- "Estou um bocadinho aborrecida..."
-"Não está nada Delicinha, estás a dormir..."

Silêncio.....e continuou a dormir....

segunda-feira, 29 de abril de 2019

Cores, Sabores, Vida

Mais uma vez, e como sempre fui para a Quinta na Sexta....não, lamento, mas não me canso.

Foi um fim de semana em muito boa companhia, muito cheio, intenso, mas maravilhoso.









sexta-feira, 26 de abril de 2019

Say what????

É de mim ou cobrarem 10€ por 6 fotografias tipo pass é tipo um roubo??

DEZ EUROS???? 6 FOTINHAS???

O mundo está perdido....

E todos contentes que "oferecem" a foto em formato maior...não meus amigos, não estão oferecer, estou a pagar couro e cabelo por ela...

quarta-feira, 17 de abril de 2019

Mrs. Potato Head

No outro dia fui ao Cantinho da Lavoura comprar sementes de relva e sardinheiras.
Vim de lá de boca aberta com a quantidade de qualidades de batatas que existem e, diz a vendedora perante o meu estado de espanto e admiração, que há mais...muito mais...

Para mim havia:

  • Para Fritar
  • Para Cozer
Afinal havia outra(S)



terça-feira, 16 de abril de 2019

Santa Inocência

No Sábado fomos a um baptizado.

A Delicinha portou-se lindamente na cerimónia na Igreja, falou sempre baixinho e passou o tempo a observar tudo o que a rodeava. Se calhar, se a missa tivesse demorado mais 5 minutos o texto já não era igual já que para o fim começava a evidenciar alguma impaciência.

Eu fiquei super feliz porque demoníaca como está, não ter entrado em combustão espontânea na missa foi um feito, estou a brincar!!!

Mas o ponto alto foi na altura da Comunhão. Enquanto se formava a fila para comungar ela olhava atentamente. Quando acabou e o Padre se afastou ela olhou para mim muito desiludida e diz:

"Ohhh...eu também quero uma bolachinha!

Eu corei...gelei...e ri-me....tal como se riu quem ouviu no banco da frente...

Enquanto isso, ouvia-se a esta música a duas vozes, um momento de muita Paz!


quinta-feira, 11 de abril de 2019

Quero ser

...um Bicho da Seda

Segundo me diz uma colega, a vida deles resume-se a:


  • Comer Comer Comer Comer Comer
  • Fazer Casulo
  • Dormir Dormir Dormir Dormir Dormir
  • Transformar em borboleta
  • Acordar
  • Ganhar Asas e Voaaaaaarrrrr
(ok, depois as borboletas morrem rápido, mas é uma vidinha curta mas relaxadinha)

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Sobre os nossos limites

Açúcar

Sou uma pessoa que, gostando mais de salgados do que de doces, sempre bebi o café com açúcar...muito açúcar. O meu Pai perguntava-me muitas vezes "Mas porque não viras a chávena para dentro do açucareiro?"
Eu respondia que para mim não fazia sentido beber café se não fosse doce, e muito docinho e que JAMAIS conseguiria beber o café azedo.

Até ao dia...

Com o início da Cross Punch, que agora virou Boxe, e com algum cuidado com a boca e um desafio do meu irmão, vai que bebi sem açúcar e, até hoje, NUNCA mais bebi café doce.

***

Correr

JAMAIS, em tempo algum, achei que fosse capaz de correr só porque sim, sem ser a fugir de um temível ser de outro mundo.

No início, os 900m do objectivo eram um sacrifício levado a cabo mais a passo que a correr. 

Atá ao dia...em que não parei enquanto corria do início ao destino.

Diz o treinador "Correr 1600m" e eu pensei "Esquece lá isso, quando chegar de novo ao ginásio já vocês estão no alongamento", mas fui, e devagarinho completei o objectivo e fiquei super orgulhosa.



quinta-feira, 4 de abril de 2019

Sobre o Sono

Ora sono é o que eu mais tenho. Já há 3 anos, 2 meses e 8 dias que não durmo uma noite inteira descansada (vá...ok....vamos tirar aqueles dias que a Delicinha ficou na avó).

Esta miúda é de uma resiliência ao sono que me surpreende e exaspera (diz a minha Mãe que eu era assim tal e qual e agora...basta deitar a cabeça na almofada).

No domingo foi uma loucura, acordou cedo e brincou o dia todo sem qualquer sesta. Brincou com os primos, com o cão, esteve na agricultura...enfim.
Às 19h, a caminho de casa, fiz trinta por uma linha no carro para ela não adormecer, ela já olhava para mim sem me ver.
Consegui chegar a casa e dar-lhe banho. Enfiei-lhe a sopa e uma gelatina e pus a chupeta e, inocente, pensei "Vai ser até de manhã"
Em 5 minutos estava a dormir, passadas 2 horas estava a chamar-me a pedir leite. 
Dei-lhe o biberão, esperei que bebesse o leite, entrega-me o biberão e diz "Mamã, sabes...." e foi o fim do mundo. Acabou por vir para a minha cama, queria que lhe contasse histórias, queria contar histórias...diz-me:
"Mamã, estamos num barco"
Eu - "Ok"
Ela - "Está a chover...Içar as velas!!!!!"
Tentamos que dormisse....prometemos castigos e pancadaria da grossa, dissemos que a punhamos na cama dela, fechamos os olhos e não lhe falamos mais. De vez em quando eu abria um olho e lá estava ela de olhos arregalados a olhar para o tecto...até que adormeceu finalmente...era quase uma da manhã....

**

Ontem, deitei-a às 21,30h. Ela adormeceu. Eram 22,30h pediu o leite, levei o biberão, esperei que bebesse o leite, entrega-me o biberão e diz "Mamã, Bom dia!! Vamos vestir para ir para a Vovó?"
Eu: "Não, ainda é de noite, ainda temos que dormir"
Ela: "Mas eu não tenho sono, e tu estás de roupa"
Eu: "Sim, vou vestir o pijama agora"
Ela: "Mamã, sabes..."

E foi o fim do mundo...again....


quarta-feira, 27 de março de 2019

Super

A caminho de casa diz-me a Delicinha:

Delicinha: "Mamã, cuidado, está ali um leão"
Eu: "Credo...que medoooooo"
Delicinha: "Não te preocupes, eu apanho"
Eu: "E não tens medo?"


Delicinha: "Não, eu sou a SUPER DELICINHA!!!!"

Pena que não usou os seus super poderes alguns minutos mais tarde quando foi de cara ao chão enquanto corria à velocidade da luz para ser ela a abrir as portas.

segunda-feira, 25 de março de 2019

Cumplicidade no crime

Pois que este fim de semana achamos que estava tanto calor que não era justo sermos os únicos a desfrutar do sol. Vai daí vai que pusemos a nossa tartaruga (que não tem nome porque a Delicinha não a baptiza, ou melhor, quando lhe perguntamos "como se chama a tartaruga?" ela responde sarcasticamente "TARTARUGA")no jardinzinho da janela.
O Parolo arranjou um tabuleiro todo catita, com um bocadinho de água, pegou na bicha e pô-la ao sol. Eu achei que ela poderia ter calor a posicionei o tabuleiro para ter um pouco de sombra.

Parolo: "Achas que está bem assim? Não foge?"
Eu: "Acho que não! Está muito bem"

Ficamos a admirar a bicha e fomos almoçar!

Passadas 2/3 horas estávamos de regresso a casa:

Parolo: "Agora vamos chegar a casa e das duas uma, ou ela está satisfeita; ou está com uma insolação"

Eu, de repente, olho para ele em pânico com uma ideia que me tinha passado veloz pela cabeça e digo:
"Oh não...e as gaivotas???"
Parolo: ":o ....realmente....como não nos lembramos dos pássaros...eles podem come-la"

Ele pôs prego a fundo e voamos para casa. Quando lá chegamos, entramos e até deixamos a porta aberta para ver se a bicha estava lá ou não
....
....
....
Não estava.....
....
....
....
....
tinha saído do tabuleiro e passeava-se tranquilamente pelo "jardim" 

UFAAAAAAAAA






segunda-feira, 18 de março de 2019

Delicinha by night

Estas últimas noites tem sido uma animação.

Terça-feira de madrugada a Delicinha acorda às 04.30h a cantar "Tio Manel tinha uma quinta IA IA ÓOOOOOO"

Quinta-feira, depois de pedir o leite por volta das 3.30h, temos o seguinte diálogo:
Delicinha: "Mamã"
Eu: "Sim"
Delicinha: "O Panda é...."
Eu: "Fixe"
Delicinha: "sim, é fixe. Sabes Mamã, vem aí o Carnaval do Panda e eu vou ver com a Carlota"

Sábado de madrugada. Acorda a meio da noite e pergunta:
"Mamã, estamos na quinta?"
Eu respondo que sim e ela "OK"...vira para o lado e continua a dormir.

Que tal estas noites animadas??? 

sexta-feira, 15 de março de 2019

Haverá lá coisa melhor???

A minha rotina pós-treino é beber um pacote de leite achocolatado na meia hora seguinte ao fim do esforço físico, chegar a casa e tomar banho, por a Delicinha a dormir e jantar.

Ontem não foi diferente, mas quando acabei o treino e peguei no telemóvel tinha uma mensagem do Parolo com o jantar feito por ele e a Delicinha.

Vai daí que me espumei toda e se bem que quando chego a casa com o cansaço e o leite, não tenho fome nenhuma, ontem até me babava.

E o que é melhor que isto:


Caseira, rica, DE LI CI OSAAAAAAAA!!!!!

(Era pior se comia a pizza e não fazia exercício, certo???? Am I right, or am I right?))


quinta-feira, 14 de março de 2019

Vamos lá ginasticar!

Sempre fui uma criatura que gosta de fazer exercício.

Fiz Natação, Ballet, Karaté, Equitação, as máquinas do ginásio, Hidroginástica, Pilates. Nunca gostei de correr, nem tão pouco tinha/tenho resistência para isso.

Já há muitos anos que não fazia absolutamente nada era subir as escadas do escritório, ocasionalmente subir os 6 andares para casa e o pega na Delicinha, corre atrás da Delicinha, agarra a Delicinha, tudo para a Delicinha.

O ano passado o meu irmão andava super satisfeito num novo desporto - CROSS PUNCH. O puto estava com um corpo brutal, todo definido, mas sem estar balofo ou parecer um armário. Sempre que me contava a rotina do ginásio eu ficava super empolgada, mas acabava sempre por arranjar uma desculpa para não ir, ou porque estava frio, ou calor, ou porque o Parolo não estava, ou porque tinha que dar banho à Delicinha...enfim, um rol de desculpas esfarrapadas sem qualquer importância.

Até que ganhei coragem e disse "É HOJEEE"!!!!

E lá fui eu e foi brutal!! Nos dias seguintes não me mexia, até para mudar o pé do travão para o acelerador tinha que ajudar com a mão.


Os treinos nunca são iguais, a cada aula uma surpresa. O entrar no ginásio é um misto de emoções, entre o entusiasmo de ver o que vamos fazer, com a preocupação se é hoje que vamos explodir.
Tem uma componente super abrangente em termos de parte do corpo a exercitar e uma hora passa em 5 minutos.

Estou super satisfeita, quanto mais não seja porque decidi que já não podia estar mais naquela inércia, naquele marasmo, a engordar imenso, a perder qualidade de vida, a sentir as veias a entupir e o coração a preguiçar.

Let's get ready to rumbleeeeeeeee!!!!!!!!



sexta-feira, 8 de março de 2019

Coisas que me irritam #3

Pessoas que se colam a mim no supermercado ou qualquer outra fila. Que às vezes estão tão perto que as sinto respirar no meu pescoço....PORQUÊEEEE?????

E aquelas que não conseguem manter as compras nos carrinhos ou nos cestos e, mas têm 5 milímetros de espaço no tapete da caixa começam logo a por as compras deles?

Geralmente olho para trás e lanço um olhar que nada tem de simpático, até é bastante assustador, mas qualquer dia....

Alguém me consegue explicar este comportamento??

sexta-feira, 1 de março de 2019

Carmen Miranda

Sendo certo que já não faz parte da nossa realidade do dia a dia, a verdade é que o ícone Cármen Miranda é intemporal.
A senhora era natural do Marco de Canaveses, mais propriamente da freguesia de Várzea de Ovelha e Aliviada. 
Tudo nessa zona evoca o nome da artista. 
A casa da artista está identificada e onde publicitam que ainda lá se encontra a cama da "Pequena Notável", é Museu Municipal Cármen Miranda, Ruas com o seu nome, um Centro Social, enfim...
No outro dia, aqui em Leça, vi um autocarro do Marco com a cara dela em grande destaque.

O que é que eu tenho a ver com isso? Nada e nem me incomoda, acho fabuloso, o que acho graça é que a família da Cármen Miranda foi para o Brasil quando ela tinha meses....meses...não anos...ou seja a cama que lá está só pode ser uma caminha. Na verdade ela nasceu em Portugal porque a Mãe engravidou e tiveram que adiar a grande viagem, senão, nem em Portugal tinha nascido.
A Portugal nunca regressou, os familiares não souberam da morte da artista pela família, mas pelas notícias e nem nunca tiveram contacto com ela.

Por isso acho graça que hoje, se continue a viver o fenómeno Cármen Miranda como produto português.
No dia 9 de Fevereiro festejou-se o centenário da atriz!

E vale bem que, pelo que se lê, era um talento, muito trabalhadora e que levou o nome de Portugal (e do Brasil) ao estrelato!!

Vamos dançar!!









terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Into the wild

Sim, adorei o filme, adooooro a música e pareceu-me um título fantástico para o filme abaixo:


Lagarta do Pinheiro

Estes bichos são uma praga, parecem fofinhos mas são pessonhentos e podem levar a alergias graves ou mesmo a choque anafiláticos e acabaram todos esborrachados debaixo de uma pá.


Durante o Inverno estão nos seu ninhos (aqueles novelos brancos que vemos nos pinheiros) e entre Janeiro e Abril descem e enterram-se no chão onde se formam as pupas que darão em borboletas.

As crianças e os animais são os mais susceptíveis pois os pelos das lagartas parecem inofensivos mas são perigosos.

Andamos à caça da Lagarta do Pinheiro, é que a Delicinha não tem medo de nada e para fazer festinhas num bicho destes, é um instante.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Há coisas do caneco

Estava a ler uma notícia, que nem notícia é já que não interessa a ninguém e não tem valor nenhum informativo, mas que fazia parte dos destaques de um jornal online que dizia que o José Fidalgo não gostou de uma surpresa que a Cristina Ferreira lhe fez lá no programa dela.

Ora como até tinha um tempinho vago e o texto estava mesmo ali, vai que o li. Enquanto explicavam o que tinha acontecido transcreviam o diálogo entre a Cristina e o Fidalgo. 
Dei por mim a ler mentalmente as frases dele naquele tom rouco com aquele sotaque à Fidalgo e as dela com as características que lhe são tão próprias.


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Coisas que me irritam #2

Pessoas que atiram lixo pela janela do carro.

Atiram papeis, atiram cigarros, atiram sacos do McDonalds, ...., como conseguem??? Como??? Porque não guardam o lixinho no carro até pararem e levarem o lixo ao destino certo?
é que me dá cá umas ganas que qualquer dia faço uma loucura.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

O mundo está perdido

Eu devia ter nascido noutra era, ou então, com outro cérebro. 
Sim, podia ter nascido mais limitada, menos pensante. 
Podia ter os meus padrões a bater quase o fundo e tudo o que via me satisfazia, tudo era uma novidade, tudo era fantástico...só que não...

Nasci com um raio de um feitio que me faz olhar para o espelho e ver os meus próprios defeitos e ser mais ou menos dura comigo mesma, mas também me faz analisar tudo o que está à minha volta. Faz que não embarque em modas a não ser que sejam do meu agrado, faz com que não goste de alguma coisa só porque o outro gosta, faz com que olhe para as coisas com curiosidade de saber mais para formar uma opinião estruturada.

E isto para dizer o quê, que me incomoda o novo anormal da praça estar a ter tempo de antena a nível nacional, que esteja a ser considerado um fenómeno, que haja uns iluminados que acham que aquilo é fantástico e super novidade e arte moderna....POR FAVOR!!! POR FAVOR GENTE!!!!
Eu pouco vejo do Festival da Canção porque é um tipo de programa que não faz o meu género e até porque há muito mais que ver, mas sei que o tal de Conan Osíris passou à final....mas aquilo é música???? Aquilo é alguma coisa de jeito??? Já nem digo o espectáculo que ele monta à volta dele, não é a indumentária ou a performance que me choca, mas a falta de qualidade das letras, das músicas e fico incrédula como há gente que embarca nisto e são levados na carneirada e TODOS acham que aquilo é tão lindo que até votam na criatura.

Pobre de quem é artista e não se presta ao ridículo para chamar a atenção, pobre de quem anda anos a trabalhar e não baixa os padrões, pobre de quem corre atrás de uma carreira e é ultrapassado por fraudes.

Que vergonha alheia...

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

S. Valentim / S. Valentão

Pois que já disse e repito que para mim o dia dos namorados é todos os dias, que não concebo a ideia de naquele dia se oferecerem flores, chocolates e lalala, e no dia seguinte andarem tipo cão e gato (se bem que já testemunhei relações entre cães e gatos muito amorosas).
Para mim, dia dos namorados tem que ser mais um dia em que o casal comunica, se ajuda, se compreende, se apoia.

E como foi o dia dos namorados de 2019 Parola?

Sendo que quase faleci, decidi, FINALMENTE e também na senda do abaixo a #procrastinação, ir ao ginásio.
O meu irmão já me tinha falado do Cross Punch e sempre que ele me contava o que lá fazia, eu borbulhava de entusiasmo (talvez imbuída de todo um espírito demente e masoquista). 

Ontem foi o dia de experimentar e vai que adorei.
As minhas condições não eram as melhores, durante a tarde estive com um rinite alérgica brutal com a qual fiquei praticamente sem respirar se bem que na hora do treino já entrava um arzinho mas não era nada que me fosse suficiente.

Por isso, enquanto casalinhos apaixonados trocavam juras de amor, eu corria (odeio correr), dava socos no ar, dava socos em pequenos combates, fazia burpees (que só pode ter sido inventado por um anjo do Demónio), elevava um tinkerbells (kettle Bell)até à altura dos olhos e TENTAVA levar os meus joelhos ao peito enquanto estava pendurada numa barra.

Aguentei a aula até ao fim se bem que não fiz as repetições todas que era suposto, estava a colapsar com falta de ar, mas não morri.

A noite foi muito mal passada porque não respirava e como tal, não dormia.
Neste momento não consigo mexer as pernas. Ou melhor, consigo, elas estão aqui, mas voluntariamente elas não dão um passo e a conduzir, tenho que ajudar com a mão para mudar de pedal.
Mas estou satisfeita, muito satisfeita.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Coisas que me irritam #1

Pessoas que lavam as voitures com a mangueirinha de por água no recipiente dos limpa pára-brisas.

Hoje vi um homem a lavar uma vespa...no outro dia outro lavava o carro inteiro...é tão ridículo que dói.

É por causa destes parvalhões que há estações de serviço que acabam por tirar as mangueiras e sempre que alguém precisa para o fim a que foi destinado, tem que andar a fazer piscinas, para trás e para  frente.

Este assunto realmente encanita-me, mas também já não podia ver aquela criatura em lingerie no topo da lista dos posts.

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Priceless

Quem é amiga, quem é?

Hoje mostram-me ISTO e eu não posso  guardar para mim tal....coisa....


Agora desculpem...tenho que ir... bleeeerrrggggg



sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Nostalgia Campestre

Digam lá que não é bucólico o nome do talho onde me avio?

É que até dá outro sabor aos bifes e afins.

** Nostalgia Campestre **

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Contra a Procrastinação #4

E eis que as fotos foram imprimidas e colocadas na devida moldura!!

IEEEE VIVA a Parola que está a cumprir as metas a que se propôs!!!

E mais, não só imprimi e pus a moldura, como ainda comprei mais molduras e vai de as pindurar na parede com fotos todas lindonas!!!

Temo o próximo desafio..o fazer os álbuns da Delicinha....mas a coisa vai ter que dar, seja como for...

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

3 anos

E a Delicinha fez 3 anos!

O dia foi agri-doce. A festa correu muito bem mas a febre não deixou que ela desfrutasse dos festejos em pleno. 
Sempre que passavam 6h da última tomada de ben-u-ron, lá subia o termómetro, para não falar da tosse, do nariz super entupido...enfim... ela não podia com um gato pelo rabo.
Ainda pensei adiar a festa mas ela estava tão ansiosa...

O bolo estava lindo e incluía tudo que ela pediu! A arte não é minha mas dos Miminhos da Dona








Estas são as fotos possíveis, à chegada do bolo, ainda antes da festa começar. 

Foi tudo muito divertido principalmente a ideia do Parolo de comprar aqueles balões para se moldar e que pôs toda a agente a arrepiar cabelos enquanto TENTAVA fazer algo que se entendesse o que era.
Hoje não estou muito inspirada para grandes textos porque continuo super preocupada com a Delicinha que continua cheia de febre e entupida e estou só à espera que acorde para a levar ao pediatra.

Mudança

Bem...parece que vou ter que mudar de casa. Ontem falhou a luz. Um equinócio qualquer com o disjuntor das tomadas que fez com que a luz de...