sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Serviço Nacional de Informação de Massas

Contexto:
Programa do Goucha
Crónica Criminal
Eu sentada à mesa a comer um Cozidinho Divino!
Caso do homem que se regou e também à mulher com gasolina e pegou fogo.

1º Disparate (na minha modesta opinião), diz o Goucha - "As mulheres também são culpadas, porque se se calam quando o companheiro exerce sobre elas violência, é quase como se estivessem a ser coniventes"
Ora, graças a Deus, eu não sei o que é ser agredido por alguém que gostamos, nem tão pouco alguma vez assisti a esse tipo de comportamentos, mas imagino que sendo alguém que amamos, não falamos porque acreditamos sempre que houve um motivo, ainda que nunca válido para semelhante. Acredito que o arrependimento e pedido de desculpa que vem depois seja percebido como sincero e como indicador que as coisas vão mudar no futuro.
Quando a esperança morre e o comportamento não muda, estou convicta que o medo toma conta da vítima, a vergonha, o desespero e, quem sabe, um ou outro pensamento de que o companheiro, coitado, tem problemas e que talvez ela nem esteja a ajudar.
São situações tão delicadas, sensíveis, tristes que não deviam ser comentadas levianamente.

2º Disparate, diz uma advogado que agora é lá comentador - "Exactamente, as mulheres são conivente e quando não falam estão a cometer um Auto-Suicídio..." Desculpe? como disse? Comment?? I beg your pardon??? O que raio é um AUTO SUICÍDIO?????

É um suicídio automático?? É um suicídio 2x, o chamado duplo suicídio?? É um suicício mais grave porque não só foi levado a cabo pela pessoa mas também por si própria???

Valha-me o Divino....

Sem comentários:

Enviar um comentário